Assim sentiu o Profeta: Sobre o Amor

O profeta : Sobre o amor
Vivia uma vida rotineira, comum, o homem buscava para si a elevação, acreditava em uma razão maior que a mediocridade que o rodeara, questionara-se o tempo todo, para que vim? Preciso acreditar que um dia como um vulcão que fevrosamente e borbulhante, encontrarei o sentido.

A água do rio trocaram-se se o tal despertar não encontrara, mas assim como um furacão que toma proporções abruptamente, uma vontade não crescera, mas atormentava o seu peito, e dizia: “Vá para a montanha, a mais alta do vale dos Astros, e la encontrara o sentido”.

Nesse momento nascia o profeta, por sua vez, segui o destino que se fazia arder o peito, e mesmo caindo, andava por 40 dias até chegar lá, era uma montanha extensa, mas conseguiu chegar, e com um suspiro aliviado, se pôs a sentar, tomar um folego. Observou que as estrelas, mas uma em especial de chamara atenção ao ponto que ficou inquieto e externalizou :

O belo astro do tão imenso céu, permanecer aqui, notei que as estrelas , me olham de cima, com ar cheias de si, cheias de superioridade, mas não é como elas, vós sois a mais linda estrela que já vira, a ternura que vosso olhar transmite, regozija-me.

A linda estrela vos disse:

—Te observo há muito (tempo), em segredo, serdes o meu protegido e desejado, sem nem sonhar que eu vos desejava possuir. Como pode eu, uma simples estrela, cujo como sabes, a quantidade de estrelas no céu equivale as dos grãos de areia no mar, olha-te apaticamente?, és o mais belos dos mais belos, o meu escolhido.

Ao ouvir essas coisas, ditas com a voz aveludada que só a estrela, mais brilhante, mais bela, e delicada poderia dizer, seu coração soube naquele momento que conhecera, a dona dele.

E se pôs a pensar: É possível isso? eu e uma estrela? ela tão linda, e distante, não seria impossível? como pode um astro apaixonada por um homem? já pode alguém dominar o amor? porque que o astro não se apaixonada por um planeta, um cometa? porque a gente nunca sabe de quem vai gostar.!!
Depois desta constatação o profeta decidiu declara-se a estrela, e fizeram votos, todos os dias o profeta descia do alto do monte há cantar seu amor, para todos aqueles a quem via, se torara assim o profeta do amor, que conta as boas novas desse nobre sentimento.

Todos os dias da sua vida, profeta repetiu esse ritual, subia até o cumi do monte, se punha conversar com a estrela, trocando juras e votos, até um dia pudesse ele se tornar uma estrela e brilhar ao lado da sua amada.

Assim sentiu o Profeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.