Review do Disco: “Cavalo”

Cavalo – Rodrigo Amarante

No ano de 2013, um cantor e ex-integrante de uma banda muito estimada por mim(Los hermanos), lança o que na minha humilde opinião é o disco mais profundo e erudito que já escutei, e meu irmão sempre discutíamos quem era o cantor preferido de cada um, apesar de gostar bastante das do grupo em si, as letras do Rodrigo amarante para mim sempre soaram mais abstratas, e cheias de interpretações possíveis, não que isso o torne melhor que o Marcelo camelo, mas essa forma de construção musical que me agrada muito, posso citar aqui algumas musicas que ele compôs.

Paqueta – Los Hermanos – Disco: 4

eu zanguei numa cisma, eu sei
tanta birra é pirraça e só
que essa teima era eu, não vi
e hesitei, fiz o pior
do amor amuleto o que eu fiz?
deixei por aí…
descuidei, dele quase larguei
quis deixar cair.
mas não deixei
peguei no ar
e hoje eu sei
sem você sou pá-furada.

Eu deveria ter parado aqui, mas aff essa musica muito massa, ai eu postei 2/4 dela(desculpa kkkkk)

que desfeita a intriga, o ó!
um capricho essa rixa; e mal
do imbróglio que quiproquó
e disso, bem, fez-se esse nó.
e desse engodo eu vi luzir
de longe o teu farol.
minha ilha perdida é aí
o meu pôr-do-sol.

A parti daqui postarei trechos menores pra compensar… eu juro.

Condicional – Los Hermanos

quis ter os pés no chão
tanto eu abri mão
que hoje eu entendi
sonho não se dá
é botão de flor
o sabor de fel é de cortar.

Os passaros – Los Hermanos – Disco : 4

Há um conflito um nó
Eu difuso enfim
Os pássaros vêm
Me levar aí
Visitar o céu
E pra ver você levantando o véu
Pra mim.

Obs: Não é recomendado ouvir essa última se você estiver muito triste, cada frase, a melodia, são como uma facada, e eu não to brincando.

Eu poderia e estou com uma imensa vontade de colocar mais 3, mas vou me segurar já que o post provavelmente será relativamente grande, daqueles que eu passo 4 até 8 horas escrevendo.

Em suma essa genialidade do cantor me agrada bastante, uma coisa erudita, misturada com alto nível de abstração e uma aplicação simbólica, assertiva, essas características tornaram-me fã desse cara.

O Isolamento do Artista no processo criativo

O disco cavalo é resultado de um longo processo de reclusão proposital, onde Rodrigo Amarante isolou-se durante certo período de tudo pra olhar para dentro, e monologo, extenso tem como produto final o disco “Cavalo”.

O nome do disco ACREDITO EU referencia ao uso simbólico do animal em religiões de matriz africanas, parte de um texto que achei sobre o tema:

Cavalo é um animal mais próximo do Homem (mais que o Cão), foi o Cavalo que ajudou o Homem em toda sua evolução antes do automóvel e ainda hoje é ajudante inseparável nos Campos.
Um cavalo é Transporte para seu cavaleiro igualmente o Cavalo de Umbanda é para o Guia, que o transporta para a intercomunicação entre os dois mundos.

Faixa a faixa

Depois de introduzir/ tietar o cantor vamos destrinchar a obra.

Vale aqui ressaltar a ambientação do disco e ate equipamentos como microfones usados na gravação do mesmo, deixando-lhe com aspecto que não é uma obra da nossa geração, dos anos 80, não como algo de baixa qualidade, até porque ao contrário do que muitos pensam, tem muitos artistas que preferem os microfones de antigamente ao invés dos de hoje, a gravação, mixagem e remasterização do álbum dão um show.

1. Nada em vão

Essa música é sobre espaços, inclusive a melodia dela é criada pensada nisso, se você reparar ela não tem baixos, e relativamente bem espaçada entre as frases. Ela fala sobre olha os acontecimentos e acreditar que as coisas têm um motivo, não sendo somente para o deleite do acaso, sendo acertos, ou desacertos, términos, encontros e reencontros.

(so clicar na foto e sera direcionado pra ouvir a musica)

2. Hourglass

Essa aqui é uma dialogo interno, é o autor tentando dialogar com ele mesmo, tem a ver com hipnose também segundo o próprio compositor, é ele tentando puxar pra fora o eu espirado dele que faz possível dar luz a obras, mas não é uma hipnose terapêutica, e isso uma ritualística, é claro que somos seres ritualísticos, isso pode ser visto quando sempre pedimos a benção dos pais e parentes, como sempre escolhemos x sabor, vamos pra x lugar por x caminho, essa música é sobre o ritual que ele observou que fazia enquanto escrevia.

3. Mon nom

Uma das minhas preferidas do album, essa me fala tão profundamente, ela me lembra o livro do Albert Camus de Titulo estrangeiro no qual o mesmo se sente estrangeiro de si mesmo, perante a rotina, na música, autor usa meta-linguagem pois essa música é tambem sobre o processo de estar em outro país distante da terra em que fora criado, alem disse ele usa o françês que é uma lingua não primaria, e então ele canta Je suis l’étranger(Eu sou estangeiro) dizendo que é estrangeiro criando nisso 3 camadas para a mesma letra, o título da letra traduzido fica Meu nome.

Mon Nom

4. Irene

Aaa a linda Irene, dita por alguns que a escolha do nome da personagem é uma referência a musica Irene do Caetano Veloso, mas eu acredito que não. Eu a uso para dormir as vezes, a letra dela é sobre separação sobre o término de um casamento, que apesar de ter findando-se o eu lirico masculino, ainda não a esqueceu por completo. Sem vidas é a música que eu tocarei e cantarei para meus filhos.

Se hoje eu já não sei teu nome
Teu rosto nunca me deu trégua

Quando se separa de alguem ela volta a usar seu nome de solteiro, no caso da letra, ele diz que pode ja ter encontrado o novo amor.

Irene

5. Maná

Essa aqui é uma homenagem a irmã do compositor, “Maná” é uma apelido de Irmã e também, e também ‘Maná’ é uma palavra que vem da história dos judeus quando estavam em exilio no deserto: é a comida divina que Deus deu para eles sobreviverem, e termina por significar a graça, uma bênção

Mana

6. Fall Asleep

Essa é sobre a vontade de Desligar do mundo, talvez por ansiedade, ou não se sentir muito bem com ele da forma que ele é mas eu me identifico muito com ela, é sobre a vontade de se desligar das coisas pífias, e vontade vivenciar coisas maiores, se sentir parte de algo maior, fora das futilidades da vida.

Fall asleep

7. The Ribbon

Cara, todas desses álbum eu gosto muito, mas essa tem com certeza um lugarzinho especial.
Ela fala sobre uma pessoa que foi passivo na sua própria vida, ou como os coachs dizem não foi protagonista da sua própria historia e ele so consegue ver isso depois de morto, ele fez coisas e tomou decisões influenciado pela figura paterna, e isso inclusive o levou a morte. essa é a perspectiva do morto sobre sua própria história. Inclusive há outra faixa no cd que é o outro lado da moeda, outro ponto de vista da mesma história.

Theribbon

8. O Cometa

Essa também é sobre falta, em específico sobre um amigo do Rodrigo Amarante, é um retrato do amigo dele, do jeito amarante de ver as coisas, o cometa é aqui usado de forma simbólica, sua passagem é breve, é algo marcante na história da humanidade, e nunca é esquecido.

É uma obra de arte, quem dera eu mero mortal ser visto, após minha partida como o cometa na vida de um só que seja :3.

O Cometa

9. Cavalo

Faixa mais enigmática e abstrata, ela do nome ao disco, fala sobre o cavalo, como símbolo de pureza, como aquele que conduz a algum lugar interior, ou a um plano metafisicamos.

Cavalo

10. I’m Ready

Essa é a outra moeda da Faixa the ribbon,aqui quem ganha fala é mãe do morto falando, do seu lamento, pelo caminho escolhido “pelo”/para o filho, e o levará a morte, é muito profunda, escute ela e veja se você também acha essa relação.

Cavalo

11. Tardei

Faixa que lhe trás de volta ao mundo real, com encerramento dessa viagem a si mesmo que o disco propõe. Ela é sobre fim de ciclos, não necessariamente a morte, mas é uma olhada para o passado, de forma poética.

Tardei

Esse realmente está em entre os 5 melhores álbuns que já escutei na minha vida, e facilmente a primeira posição .Tá meu julgamento ta cheio de viés, mas o que não esta?

Nota do Disco: 6/5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.