Hipnose Minha Experiência

Opa beleza? Voltei mais rápido do que esperava, e hoje para falar de algo polêmico, que para a maioria das pessoas envolvidos numa áurea de mistério tão falada e por alguns temida, hipnose. Esse será um breve relato da minha experiência como hipnólogo, e importante dizer que eu nunca ganhei dinheiro com esse conhecimento.

A hipnose é um estado alterado de consciência, e não a pessoa não esta dormindo, somente com o senso critico menos funcional possibilitando assim a implantação de sugestões, o que chamamos de transe hipnótico.

Nesse post eu vou falar um pouco sobre coisas conceituais sobre a hipnose e minha experiência com a mesma. E antes de mais nada apesar de ter sido praticante(coisa que eu quero voltar a estudar)muito dos meus feitos hipnóticos foram experimentações pratica e mesmo obtendo o resultado que eu esperava, eu posso errar em alguma parte teórica, pois acabo esquecendo o que não reviso com frequência.

Paixão á primeira experiência

Quando eu estava no segundo ano, em meados de 2016 uma amiga, chamada Brenda, a qual apelidei carinhosamente de piu-piu por causa da voz fina que ela tinha, ela tinha me falado sobre hipnose, uma vez. Curioso como era, logo procurei no YouTube e achei o trabalho do pyoung lee, um respeitado hipnólogo, eu comecei a ler artigos, ver vídeos, e resolvi testar, no dia seguinte, testei com um colega de sala, e surpreendentemente funcionou, eu colei os olhos dele, usando uma rotina simples de hipnose. Foi muito legal a sensação de ter conseguido, depois disso, eu sai fazendo com um monte de gente no colégio, algumas pessoas apesar de ter medo, por causa da mística que criam em volta, a maioria aceitava. Era relativamente relevante no colégio, pois era de lá desde a quinta serie, e era musico. Um fato imprescindível para meu sucesso na hipnose era a confiança, se eu estava confiante a probabilidade de sucesso aumentava e muito, tem até uma estória que contam para estudantes iniciantes de hipnose, que é sobre a roupa do mago(fica a cargo de vocês procurarem) que fala o quão é importante ser confiante sobre suas habilidades hipnóticas. Depois dessa fase inicial, eu fiquei conhecido nos locais que eu ia por isso, fiz com os pais(nunca faça isso no inicio, a descrença deles no inicio pode afetar sua autoconfiança ) quando mudei de colégio também, no curso, e igreja e até a street hipnose, ou hipnose de rua que consiste em abordar pessoas na rua e consegui permissão de as hipnotizar. Alguns dos meus feitos memoráveis foram

  • Coisas básicas como:
    • troca de nome
    • fazer pessoas esquecerem seu próprio nome
    • colar olhos(a pessoa não consegue abrir os olhos nem se quiser até que eu deixe )
    • deixar pessoas gagas
  • Até coisas mais difíceis como por exemplo:
    • Curar dores físicas, como dor de cabeça, ou de dente
    • Tratar fobias
    • Fazer pessoas alucinar(ver famoso, ou alguém que já morreu )
    • Desativar partes do corpo, como garganta(impossibilitando a falar) ou as pernas, deixando temporariamente paralítico dos membros inferiores
    • Fazer um grupo de 15/17 pessoas entrarem em transe instantâneo num acampamento eu estava.
    • Fazer pessoas esquecerem o que queriam ou lembrar coisas que de outra forma não conseguiriam

Sempre fui muito responsável com esse conhecimento, tomando cuidado para as pessoas não caírem quando colocadas em transe instantâneo e nunca hipnotizar uma garota sozinha, medo de eventuais memórias falsas, coisa que podem acontecer. Além de sempre guardar segredo do que me contavam.

Ab-reação

É importante assegurar que a hipnose não traz riscos físicos, nem mentais as pessoas, se feitos com cuidado e responsabilidade. Mas podem haver contratempos ou coisas inesperadas ocorrerem , um das coisas que podem acontecer quando alguém esta em transe, são as ab-reações, uma rápida pesquisa no google nos mostra a definição.

  1. descarga emocional pela qual um indivíduo se liberta do afeto que acompanha a recordação de um acontecimento traumático [Pode ser provocada, por exemplo, por hipnose, ou ocorrer de forma espontânea no decorrer do processo psicoterápico.]

Sabendo disso, estudei e mitiguei os riscos quando eu passei por pessoas que tiveram ab-reações por ter estudado consegui resolver. Quando se trata de vidas humanos, psicológico humano é importante agir com responsabilidade moral e ética em tudo que fizermos e com a hipnose não é diferente.

Por fim, é importante dizer que não tem ritualística nenhuma na hipnose é pura ciência, estudava e aplicava, movido por curiosidade e não por isso com menos responsabilidades pelos meus atos.

Se alguém cria ritos em torno da hipnose, é mero floreio, consegui sempre fazer hipnose sem ter contato nenhum com o mundo espiritual superior ou inferior . Faz anos que parei de praticar, mas em breve pretendo retornar.

Se gostarem desse post, pretendo fazer outro post sobre o tema. Abraços fiquem bem.

11 comentários em “Hipnose Minha Experiência

  1. Acho muito interessante como a hipnose pode ajudar as pessoas, um antigo professor meu disse que a esposa dele melhorou da ansiedade com a ajuda da hipnose, é como se o hipnótico tivessse superpoderes shfjfnkfmf gostaria de saber mais sobre a sua experiência, grande abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.